Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia

Estudo: prática da corrida amadora com até 30 minutos diários não provoca lesão

Jornal do Brasil

Nos últimos anos, e em busca de uma vida mais saudável, o número de corredores tem crescido significativamente. A partir de março, em diversas cidades e com patrocínio de diferentes empresas, a temporada de maratonas e corridas de rua está aberta. Durante este período, é natural que atletas amadores participem.

Pesquisas comprovaram que a prática de corredores amadores pode ser realizada sem maiores complicações, desde que não haja um sobretreino. Nos últimos cinco anos, diferentes estudos realizados comprovaram que o índice de lesões é baixo quando o treino diário é de até 30 minutos e os praticantes possuem IMC (índice de massa corporal) abaixo de sobrepeso. Já com os corredores amadores com um volume de treino entre 31 e 60 minutos ao dia, a prevalência de lesões foi significativa, principalmente na faixa etária entre 30 e 45 anos.

A inexperiência e a falta de orientação podem levar a lesões ou ao sobretreinamento, dificultando a melhora do desempenho de seus praticantes. Os especialistas aconselham a prática limite de 50km semanais.

“A prática da corrida amadora de maneira cansativa, sem acompanhamento ou de forma inadequada, contribui para o aumento do número de lesões, principalmente para os que querem em pouco tempo de treinamento realizar uma maratona. As mais comuns são problemas no joelho, fascite plantar, fraturas por estresse , cãibra, dor no quadril e tendinoses. Os fatores associados a estas contusões estão associados à experiência, sexo, idade, tipo físico e intensidade e volume do treinamento”, explica o fisioterapeuta Helder Montenegro, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRC) e do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral (ITC).

Além de ajudar no processo de emagrecimento, a prática da corrida amadora traz outros benefícios, como: melhora na memória, fortalecimento do sistema imunológico, aumento da resistência cardiorrespiratória.

Dicas para praticar uma corrida amadora mais saudável:

 

- Realize uma avaliação clínica e cardiológica antes de iniciar a prática;

- Faça uma avaliação física com um profissional de educação física especializado em corrida de rua;

- Faça musculação ou Pilates para prevenir lesões;

- Não "pule" etapas do treinamento;

- Pratique o exercício nos horários de calor menos intenso;

- Use roupas leves, com boa ventilação e um tênis adequado;

- Comece devagar até pegar o ritmo;

- Priorize o aquecimento articular;

- Respeite o limite do seu corpo;

- Use filtro solar e não se esqueça de se hidratar.

 

Tags: amadora, corrida, exercícios, prática, saudáveis

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.