Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

Ciência e Tecnologia

Médicos se recusam a examinar jovem modelo e ela morre de câncer

Portal Terra

A modelo britânica Sophie Jones, 19 anos, de Eastham, cidade próxima de Liverpool, morreu em decorrência de um câncer no colo do útero após médicos recusarem fazer exame Papanicolau nela por ter idade abaixo dos 25 anos. Segundo informações do jornal Daily Mail, Jones se sentiu mal pela primeira vez em fevereiro, com dores no estômago, e procurou médicos para saber o que havia de errado com sua saúde, mas foi diagnosticada com outra doença.

Em novembro, nove meses depois de procurar médicos pela primeira vez, a modelo teria sido internada com piora na saúde, tendo, finalmente, o diagnóstico de câncer. Sophie Jones morreu no último sábado.

Por causa da morte da jovem, seus pais, irmã e amigos criaram uma petição chamada “A escolha de Sophie” que tornaria obrigatório o exame papanicolau para mulheres a partir dos 16 anos, em vez de 25, como funciona atualmente.

Os médicos disseram ao jornal que a ocorrência do câncer de colo de útero em mulheres abaixo dos 35 anos é bastante raro, porém reafirmaram a importância da consulta ao ginecologista periodicamente, principalmente se a mulher sentir dores, incômodos durante relação sexual, sangramentos entre um período e outro, ou sangramento depois do sexo ou depois da menopausa.

A petição “Escolha de Sophie” já tem mais de 39 mil assinaturas desde o sábado, quando a jovem morreu.

Tags: consultas, diagnóstico, jovem, morte, papanicolau

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.