Jornal do Brasil

Quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

Ciência e Tecnologia

Twitter proíbe vídeos pornográficos no aplicativo Vine

Portal Terra

O Twitter baniu conteúdo pornográfico do Vine, seu aplicativo para criar vídeos de até seis segundos. A empresa anunciou a mudança nas suas regas e termos de serviço, que passam a valer imediatamente.

Durante um ano de vida, o app não tinha nenhuma regra que proibia esse tipo de conteúdo. Mesmo com apenas seis segundos, a ferramenta ainda tinha clipes de curta duração com conteúdo sexual explícito. Segundo a CNN, a empresa não deixava que esses vídeos entrassem nas listas mais populares, e chegou a aumentar a idade mínima para uso de 12 para 17 anos.

“Para os mais de 99% dos nossos usuários, isso não muda nada. Para o resto: não temos problemas com conteúdo sexual explícito na internet - apenas preferimos não ser a fonte disso”, diz um post no blog oficial do Vine.

Quem violar as novas regras terá a conta suspensa até deletar o vídeo proibido, e se postar o conteúdo novamente, poderá ter a conta suspensa para sempre. A empresa também vai contatar usuários que já postaram vídeos pornográficos para removê-los. O Twitter não vai bloquear a nudez que tem propósito educacional ou artístico.

 

Tags: aumentar, cnn, conta, idade, Nu, segundo, Suspensa, Twitter, vine

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.