Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Ciência e Tecnologia

São Paulo deve imunizar 808 mil meninas contra o HPV

Agência Brasil

A campanha de vacinação contra o papilomavírus humano (HPV), causador de câncer de colo do útero, terá início na segunda-feira (10). Segundo a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, a meta estadual é imunizar 808 mil meninas entre 11 e 13 anos. Até o dia 10 de abril a primeira dose será oferecida nos 5 mil postos de saúde instalados no estado. Em alguns municípios haverá vacinação nas escolas.

O esquema de vacinação é dividido em três etapas, sendo que a segunda dose deve ser aplicada seis meses após a primeira. A terceira dose, que serve como reforço, é administrada cinco anos depois da aplicação inicial.

De acordo com o Ministério da Saúde, em todo o país, a vacina será distribuída a 36 mil postos. A meta nacional é imunizar 80% dos 5,2 milhões de meninas entre 11 e 13 anos. Em 2015, a vacina passará a ser oferecida às jovens de 9 a 11 anos e, em 2016, às meninas de 9 anos.

O HPV é um vírus transmitido durante relações sexuais. Inicialmente a infecção causada pelo vírus começa sem sinais aparentes, mas pode evoluir para lesões na pele e nas mucosas. Sem tratamento correto, as lesões podem se transformar em câncer, principalmente no colo do útero.

Segundo o ministério, o HPV é responsável por 70% dos casos de câncer de colo do útero. Os médicos ressaltam que a vacinação é um instrumento de proteção contra a doença. A recomendação para mulheres de 25 a 64 anos é o uso de preservativo e o exame preventivo de papanicolau.

Tags: adolescentes, campanha, CÂNCER, SP, vacinação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.