Jornal do Brasil

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Com redução de estômago, mulher perde 40kg e descobre câncer

Portal Terra

Emma France, de 45 anos, estava pesando 140 quilos quando decidiu se submeter à cirurgia de redução de estômago. Durante exames preparatórios para o procedimento, ela descobriu um câncer no ovário esquerdo. “Sempre serei grata por ter decidido fazer a cirurgia. Se eu não tivesse, meu câncer de ovário nunca teria sido descoberto e eu não estaria aqui hoje”, disse. As informações são do Daily Mail.

Emma contou que sempre teve problemas com peso e que chegou a emagrecer com várias deitas, mas recuperava os excessos novamente. No entanto, ela não poderia se submeter ao procedimento por meio do sistema público de saúde da Inglaterra, por isso, recorreu a uma empresa britânica que envia os pacientes para o exterior para fazer a cirurgia. Em novembro de 2011, Emma usou todas as suas economias e foi para a República Tcheca para ser operada. Ao chegar ao país, ela foi submetida a uma série de exames pré-operatórios. Um dos médicos disse que algo estava errado com seus ovários e que ela deveria voltar para a Inglaterra para consultar um especialista.

Emma France, de 45 anos, estava pesando 140 quilos quando decidiu se submeter à cirurgia de redução de estômago
Emma France, de 45 anos, estava pesando 140 quilos quando decidiu se submeter à cirurgia de redução de estômago

Ao retornar para o seu país, Emma se submeteu a novos exames e descobriu um tumor no ovário esquerdo. “Fiquei em choque, mas tentei não temer o pior. Eu não conseguia entender como eu poderia ter um câncer de ovário se não tinha nenhum sintoma”, contou. Em dezembro de 2011, ela foi submetida a uma cirurgia de duas horas para a remoção do tumor de 17 cm. “Felizmente, o câncer não havia se espalhado. E eu não precisei de quimioterapia, apenas fazer checkups regulares por cinco anos”, disse. “Eu agradeço que o câncer foi descoberto cedo. Eu digo a meus amigos que minha barriga salvou minha vida”, concluiu.

Após o tratamento contra o câncer, Emma ainda estava disposta a fazer a cirurgia bariátrica e, em abril de 2012, ela voltou à República Tcheca para realizar o procedimento. “A operação aconteceu como o planejado. Eu tive que tomar líquidos por duas semanas, antes de começar a introduzir pequenas porções de comida pastosa em minha dieta”, contou. Depois de se recuperar da cirurgia, Emma mudou a alimentação radicalmente: ela trocou as batatas fritas, o chocolate e os bolos por sopa no almoço e carne e vegetais no jantar. Em janeiro de 2013, Emma já havia eliminado 44 quilos e, atualmente, pesa 95 quilos. “Me sinto melhor do que em anos. Tenho mais energia e posso vestir o tipo de roupas que sempre sonhei. Me sinto uma pessoa diferente”, disse.

Tags: cirurgia, descoberta, doença, mórbida, obesidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.