Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

Ciência e Tecnologia

Justiça libera homem acusado de 'vingança pornô' no Twitter

Portal Terra

O primeiro caso de “vingança pornô” foi à Justiça em Nova York na última semana, e a sentença apontou que o acusado de postar as fotos de sua ex-namorada nua no Twitter não cometeu crime. Segundo o site da CBS News, Ian Barber colocou e compartilhou fotos de sua ex-namorada no microblog.

De acordo com o juiz Steven Statsinger, a conduta do acusado “embora repreensível, não viola nenhuma estatura criminal das quais ele foi indiciado”. Barber foi acusado de grave assédio, disseminação de vigilância ilegal e exposição pública de material sexualmente ofensivo.  

Para a professora de direito da Universidade de Miami, Mary Anne Franks, as acusações contra Barber não eram aplicáveis ao crime. “É um manual com exemplo de como tem lacunas na lei”, disse a professora à CBS.

Nos Estados Unidos apenas três estados possuem legislação contra este tipo de crime – Alaska, Nova Jersey e a Califórnia.   

Tags: absolvição, divulgação, fotos, intimas, tecnologia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.