Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Ciência e Tecnologia

Laboratório da FMUSP recruta voluntários para pesquisa

Estudo pretende descobrir efeitos da idade sobre memória e funcionamento do cérebro

Fapesp

O Laboratório de Neuroimagem em Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) está recrutando voluntários para participar de um projeto sobre envelhecimento cerebral.

O estudo buscará entender melhor os efeitos da idade sobre as funções cognitivas, principalmente a memória, e sobre o funcionamento do cérebro. Os pesquisadores esperam que as conclusões ajudem na prevenção de transtornos relacionados ao envelhecimento.

O projeto recruta voluntários de três faixas etárias: de 18 a 25 anos, de 40 a 55 anos e de 65 a 75 anos. Pessoas com problemas neurológicos ou psiquiátricos, fumantes, dependentes químicos, claustrofóbicos e que possuam objetos metálicos no corpo não podem participar.

O voluntário deverá comparecer a duas avaliações. No primeiro momento, será feita uma avaliação psiquiátrica e neuropsicológica. Os horários disponíveis para agendamento são flexíveis e a sessão deve durar em torno de duas horas e meia.

Depois disso, em outro dia, a pessoa será submetida a um exame de ressonância magnética (sem contraste), será colhida uma amostra de sangue e feita uma avaliação de memória. O exame será realizado às segundas-feiras no Hospital das Clínicas da FMUSP, em dois possíveis horários, 10h30 ou 11h30.

A pesquisa não envolve o uso de nenhum tipo de medicação. Para fazer a inscrição, é preciso preencher um formulário on-line com questões pessoais, que ajudará na seleção dos voluntários e será utilizado somente para fins de pesquisa científica. O projeto tem a aprovação da Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Medicina da USP.

Mais informações sobre a pesquisa e inscrições no site http://cerebro.med.br/ .

Tags: cérebro, envelhecimento, memória, recrutamento, voluntariado

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.