Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Confira destaques de educação do Crunchies Awards

Duolingo foi vencedor do prêmio concedido pelo site de tecnologia TechCrunch

Porvir

O TechCrunch, site referência na área de tecnologia e negócios, divulgou o resultado da 7a edição do Crunchies Awards, premiação que pretende reconhecer as melhores startups de cada ano. O grande vencedor do evento, que ocorreu na última segunda-feira, em San Francisco, foi a plataforma de crowdfunding Kickstarter – o que reafirma a expansão do financiamento coletivo como maneira de viabilizar projetos.

Além do prêmios para as melhores empresas – que tradicionalmente são cinco –, o evento se divide em diversas categorias, como o melhor aplicativo para celular, melhor design, melhor startup de hardware, com mais impactos sociais e voltadas para educação. Nesta última, a grande vencedora foi a plataforma de ensino de idiomas Duolingo.

Conheça as cinco startups de educação que fizeram parte da lista:

Duolingo

Plataforma gratuita de ensino de idiomas que utiliza o crowdsourcing para tradução dos seus textos. O serviço faz com que os alunos progridam nas lições ao mesmo tempo que precisam traduzir diversos conteúdos disponíveis na própria internet. Lançado em 2011, o site já alcançou mais de 10 milhões de usuários e tem, diariamente, mais de 200 mil visualizações.

Code.org

É uma organização não-lucrativa dedicada a expandir o ensino de ciência da computação nas escolas, além de aumentar a participação de mulheres e minorias nesse universo. É também responsável pela Hour of Code, campanha que pretende apresentar a linguagem dos códigos para 10 milhões de alunos de todas as cidades dos Estados Unidos. Ocorrida durante a Semana do Ensino da Ciência da Programação, que aconteceu de 9 a 15 de dezembro, a campanha contou com o apoio de nomes de peso como Barack Obama, Bill Gates e Mark Zuckerberg.

TreeHouse

Plataforma que ensina webdesign e desenvolvimento de sistemas para computador e para IOS a pessoas do mundo inteiro. Com mensalidades que variam de US$ 29 a US$ 49, o site oferece conteúdo que vai desde linguagem Java até questões relacionadas ao mundo dos negócios.

Khan Academy

A Khan Academy, que já ganhou uma versão em português, é uma ONG educacional criada por Salman Khan, em 2006, que oferece mais de 4.000 videoaulas de matemática, história, medicina e saúde, finanças, física, química, astronomia entre outras disciplinas. Seus vídeos já foram assistidos mais de 240 milhões de vezes.

CreativeLive

Criada em 2010, a startup é líder em ensino on-line para empreendedores criativos. A plataforma, que já chegou a mais de 200 países e já atraiu mais de 150 mil estudantes, usa videoaulas para oferecer conteúdo que vai além dos cursos direcionados para negócios, como marketing ou finanças. Nela, o usuário pode aprender também sobre fotografia, design, música e até o desenvolvimento de templates para sites.

Tags: aplicativo, design, mobile, programação, startup

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.