Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Hong Kong registra terceira morte devido à gripe H7N9

Agência Brasil

As autoridades de Hong Kong divulgaram hoje (29) a morte de um idoso devido ao vírus da gripe H7N9. Há suspeita de que ele possa ter contraído a doença em uma visita à China continental. Com esse caso, sobe para três o número de mortes em Hong Kong devido à gripe aviária este ano. Na China continental, as autoridades confirmaram que 104 pessoas contraíram o H7N9, das quais 20 morreram.

De acordo com as autoridades da antiga colônia britânica, o homem, de 75 anos, morreu na manhã de hoje. Ele visitou recentemente a zona econômica especial de Shenzhen, adjacente a Hong Kong, e foi diagnosticado com a doença poucos dias depois de retornar a Hong Kong.

Ontem (28), após a descoberta de um surto de H7N9 em uma fazenda na cidade de Foshan (que abastece com galinhas vivas Hong Kong e Macau), as autoridades de Hong Kong determinaram o abate de 22 mil galinhas. Macau suspendeu a importação das aves.

A galinha é um dos pratos típicos da gastronomia chinesa. As autoridades do país pedem que as famílias, que se preparam para celebrar a maior e mais importante festa da China, o Ano Novo Lunar, redobrem os cuidados para evitar o contágio.

Tags: ave, contágio, estado, morte, SAÚDE, vírus

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.