Jornal do Brasil

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Ciência e Tecnologia

iPad facilita aprendizado de Ciências, diz estudo

Porvir

No momento em que educadores veem questionando cada vez mais se os tablets devem desempenhar um papel mais importante na educação, uma pesquisa recente traz resultados positivos sobre o uso desses equipamentos a favor da aprendizagem. Desenvolvido por pesquisadores norte-americanos do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian, o estudo mostra que o uso de iPads e outros tipos de tablets favorecem o aprendizado de ciências de estudantes do ensino médio. Isso porque, segundo os autores da pesquisa, os tablets representam plataformas “perfeitas” para fazer simulações em 3D. Dessa forma, compreender assuntos como a lógica de funcionamento da escala do sistema solar se torna algo mais fácil de ser apropriado pelo aluno que utiliza essa ferramenta.

A própria habilidade dos estudantes na manipulação dos tablets é outro ponto que favorece ainda mais a imersão do aluno no assunto que é apresentado em formato de animação. “Esses dispositivos oferecem aos estudantes oportunidades de fazerem coisas que seriam impossíveis de serem feitas se o assunto fosse repassado em ambientes como a sala de aula tradicional”, afirma o líder da pesquisa, Matthew Schneps do Harvard College Observatory, instituição que junto com The Smithsonian Astrophysical Observatory formam o centro de astrofísica, local de desenvolvimento da pesquisa.

Para chegar aos resultados, os pesquisadores analisaram os ganhos na aprendizagem de 152 estudantes do ensino médio que usaram iPads para explorar o espaço simulado em 3D. Os dados obtidos foram comparados com os de 1.184 alunos que utilizaram abordagens mais tradicionais, com a explicação sobre o mesmo assunto sendo realizada em sala de aula. Muitas das questões que foram feitas entre esses dois grupos se referiam a percepção e a maneira como cada um dos estudantes compreendia a dimensão e escala espaciais. “O que é talvez o mais notável é que vimos ganhos de aprendizagem significativas entre os alunos que utilizaram as simulações, em situações em que pouco ou nenhum ganho foi observado nas salas de aula tradicionais”,  afirmou Mary Dussault , outro membro da equipe de pesquisa.

O uso de iPads e outros tipos de tablets favorecem o aprendizado de ciências de estudantes do ensino médio.
O uso de iPads e outros tipos de tablets favorecem o aprendizado de ciências de estudantes do ensino médio.

Ciente que as escolas e universidades ainda dão os primeiros passos na adoção de práticas pedagógicas capazes de usar as funcionalidades inovadoras dos tablets, o estudo é produzido na ocasião em que escolas públicas dos EUA veem adotando cada vez mais essa ferramenta em seus currículos. O próprio grupo é composto por estudantes de escolas com a de Bedford High School, em Massachusetts, que tomou a decisão de equipar todos os alunos com dispositivos da Apple. “Desde que comecei a usar iPads na nossa escola temos visto ganhos substanciais na aprendizagem , especialmente em disciplinas como matemática e ciências”, afirma Henry Turner, diretor da escola.

Assim, para a universidade, a pesquisa acaba por oferecer, uma evidência experimental favorável  sobre o uso dessas novas tecnologias na educação.”O aprendizado tipo ‘mão-na-massa’ com o auxílio de simulações de computador de alta precisão levam a uma melhor compreensão do assunto analisado”, afirma o coautor do estudo Philip Sadler.

No entanto, mesmo com esses resultados positivos, por outro lado, educadores alertam que a tecnologia sozinha não é a resposta para um bom aprendizado. Eles chegam a lembrar que dispositivos como os tablets precisam estar integrados a um planejamento pedagógico cuidadoso para que o seu uso seja cada vez mais otimizado de forma a trazer benefícios para os alunos.

Com informações da Harvard Gazette

Tags: didático, educação digital, Enem, ensino médio, Plataforma, simulação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.