Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Ciência e Tecnologia

Vacinação de meninas contra HPV reduz risco de câncer, diz Dilma

Agência Brasil

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (20) que a vacinação de meninas de 11 a 13 anos contra o HPV, a partir de março, serve para reduzir as chances de câncer. “Vamos cuidar delas hoje para que, no futuro, tenham menos riscos de desenvolver esse câncer de colo de útero". O vírus é responsável por 90% dos casos de câncer de útero no Brasil.

No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma lembrou que cada adolescente deve receber três doses da vacina e que a ideia é expandir a faixa etária imunizada a partir deste ano, quando meninas de 9 a 11 anos também vão receber a vacina.

Ao todo, o governo gastou mais de R$ 1 bilhão na compra de 36 milhões de doses. A aquisição, de acordo com a presidenta, foi feita por meio de uma parceria do Instituto Butantan com um laboratório privado. Em até cinco anos, segundo ela, a transferência de tecnologia deve ser concluída e o Brasil passará a produzir a vacina.

"Uma família que decidisse comprar a vacina de um laboratório particular teria que desembolsar cerca de R$ 1 mil pelas três doses. Com essa parceria, vamos oferecer a vacina de graça para as famílias. O Ministério da Saúde, por sua vez, vai pagar menos de R$ 100."

Tags: brasil, mulher, presidente, SAÚDE, útero, vacina

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.