Jornal do Brasil

Sábado, 2 de Agosto de 2014

Ciência e Tecnologia

Coreia do Sul confirmou infecção de aves migratórias com gripe aviária

Agência Brasil

Coreia do Sul – O governo sul-coreano confirmou hoje (20) a presença do vírus da gripe aviária em aves migratórias encontradas mortas, o que indica que este tipo de animais poderá ter causado os dois surtos registrados no país.

Perante a ausência de um diagnóstico definitivo, “acreditamos que se trata de uma variação altamente patogênica, o que poderá explicar a origem do vírus da gripe aviária que afetou as granjas de patos em Gochang e Buan”, indicou o Ministério da Agricultura da Coreia do Sul em comunicado.

Após a confirmação das suspeitas de contágio por meio de aves migratórias, as autoridades sul-coreanas temem que bandos de aves infetadas provoquem novos surtos em explorações avícolas do país.

Nas granjas afetadas, na província de Jeolla do Norte, foram registrados três casos nos últimos dias, dois deles confirmados, de gripe aviária H5N8, uma variação altamente patogênica semelhante à mais conhecida H5N1.

Depois de confirmar a presença da doença, as autoridades sul-coreanas já abateram cerca de 150 mil galinhas e patos e estimam eliminar outros 50 mil.

Nos próximos dias, o governo sul-coreano vai decidir se adotará novas ações de prevenção.

O surto de gripe aviária registrado no final de 2011 levou ao abate de mais de 3 milhões de aves na Coreia do Sul.

Tags: ÁSIA, CONTAMINAÇÃO, Coreia, gripe, pássaro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.