Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Julho de 2014

Ciência e Tecnologia

Um teste genético para Chocolate de alta qualidade

Jornal do Brasil

Uma matéria da revista Science desta semana relata que para ajudar a manter os fabricantes de chocolate de alta qualidade de serem enganados com ingredientes de qualidade inferior, os pesquisadores desenvolveram um teste genético que pode contar uma semente do cacau boa de uma semente de cacau ruim. Feijão da planta do cacau, a fonte de manteiga de cacau e cacau em pó usado para fazer chocolate, pode diferir amplamente na aparência, mesmo dentro da mesma vagem. Então, o feijão exigente de uma excepcional variedade de grãos médios de degustação pode ser difícil. 

Isso traz problemas para as pessoas responsáveis ??pelo controle de qualidade, porque os comerciantes sem conhecimento do feijão podem misturar o feijão mais barato entre seus produtos Premium. Ao analisar o DNA extraído de amostras de 30 miligramas do tegumento de uma semente do cacau (que é geneticamente idêntico à árvore), é possível verificar se o feijão pertence a uma variedade específica de cacau. Utilizando um recém-desenvolvido teste, que olhou para 48 marcadores genéticos diferentes, os pesquisadores foram capazes de discriminar 30 amostras autênticas de uma variedade de alto custo do cacau, chamadas Fortunato. Quatro de outras cinco variedades cultivadas no Peru e cultivadas em todo o mundo, foi divulgado hoje no Journal of Agricultural and Food Chemistry. Embora as análises de DNA possam ser realizadas de forma relativamente rápida, separando a casca da semente de seu feijão é agora bastante demorado, dizem os pesquisadores. A pesquisa futura incidirá sobre a racionalização dos testes e no desenvolvimento de uma técnica que pode ser usada para analisar o cacau em pó a granel.

Tags: Casa, chocolate, DESENVOLVIMENTO, genéticos, pesquisa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.