Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Ciência e Tecnologia

China construirá base na Antártida

Jornal do Brasil

Após uma semana atravessando 522 quilômetros, segundo matéria da revista Science, uma equipe de 28 cientistas e engenheiros chineses deve chegar amanhã no coração da princesa Elizabeth, terra no leste da Antártida, para começar a construir uma base da China na Antártida.

A revista relata também que a nova base chamada Taishan será a 2.621 metros acima do nível do mar, “sabemos muito pouco sobre essa parte da Antártida, diz Robin Bell, um glaciologista do observatório da Terra da Universidade de Columbia”. Todos estão ansiosos para utilizar Taishan como uma plataforma de lançamento para sondar a história geológica das montanhas.

A base Taishan “será aberta para investigação de qualquer país", diz Qu Tanzhou, diretor do Ártico chinês e Administrador da base chinesa na Antártida. Um elemento essencial da nova base será uma pista permanente que permitirá aos investigadores reduzir o tempo de viagem por 2 semanas para Kunlun da base da China para Dome A, e para perfurar a camada de gelo para coletar dados sobre o clima da últimos 1500 anos . O edifício principal do Taishan está previsto para ser concluído no início de Fevereiro, e a pista deverá ser aberta em 2 anos.

A matéria da revista é finalizada informando que nesse meio tempo, os cientistas chineses irão iniciar o levantamento ao longo da costa ocidental do mar de Ross, para construir a sua estação, a terceira para o ano todo. A China já tem duas estações durante todo o ano em outros lugares na costa da Antártida. A terceira estação abriria a oportunidade de estudar a Ross Ice Shelf, uma das maiores do continente. A Construção sobre o que seria a quinto da base da nação deve começar no final de 2015, diz Qu Tanzhou.

Tags: base, cHINA, CONSTRUÇÃO, estações, taishan

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.