Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Ciência e Tecnologia

Clareza: nova ferramenta vai ajudar no estudo do cérebro

Jornal do Brasil

Uma matéria da revista Science desta semana revela uma nova ferramenta para o cérebro, inaugurada este ano e que promete mudar a forma como os laboratórios estudam este órgão tão complicado. O instrumento chamado Clareza tem a capacidade de verificar integralmente o tecido cerebral com total transparência a ponto de se assemelhar a um vidro. A  ferramenta serve para remover moléculas lipídicas que formam as membranas celulares. Ela substitui os lipídios com moléculas de um gel transparente, mas deixa todos os neurônios e outras células cerebrais assim como suas organelas intactas, colocando os meandros do cérebro em exibição.

Segundo a reportagem, as tentativas anteriores de criar uma artefato para ver o cérebro tornavam-se frágeis ao trabalho, mas a Clareza deixa o tecido resistente o suficiente para que os cientistas possam infiltrar repetidamente, neurotransmissores ou proteína, lavar, e fazer imagens do cérebro. Os pesquisadores dizem que o avanço pode acelerar tarefas, como a contagem de todos os neurônios em uma determinada região do cérebro e pode fazer os métodos tradicionais de imagiologia, tecido cerebral irrelevante. Atualmente, no entanto, a técnica está limitada a pequenas quantidades de tecido: Apenas um esclarecimento cérebro do rato de 4 mm de diâmetro, tem cerca de 9 dias .

Tags: cérebro, instrumento, moléculas, órgão, science

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.