Jornal do Brasil

Quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Ciência e Tecnologia

Plataforma oferece aluguel de livro a universitários

PorvirDavi Lira

Assim que se formou em relações internacionais pelo Ibmec, no Rio de Janeiro, o então estudante Marcus Teixeira, de 25 anos, percebeu que boa parte dos livros que adquiriu durante a graduação não seriam novamente utilizados no decorrer de sua vida profissional. Ao escolher uma área determinada para trabalhar, outros assuntos abordados em livros mais específicos de sua biblioteca pessoal se tornariam pouco relevantes. Foi pensando nesse gasto “desnecessário” na aquisição de livros – muitos são utilizados apenas durante um semestre letivo  –  que o estudante, em conjunto com o sócio Vítor Oliveira, resolveu lançar a plataforma GoBooks. O portal aberto e gratuito oferece um acervo de mais de 300 livros voltados ao ensino superior que podem ser alugados durante todo o semestre e são entregues em casa.

Dessa forma, o aluno interessado no livro Contabilidade Custos, do autor Eliseu Martins, por exemplo, pode alugá-lo durante um semestre por R$ 35, enquanto que, no mercado, a obra chega a custar R$ 95. Assim, com o preço do aluguel que pode chegar a 80% do valor de venda da obra nas livrarias, o usuário tem ao seu dispor dezenas de livros de todos os períodos dos cursos de administração, economia, negócios e engenharia. Em 2014, haverá mais outros 300 títulos de outras áreas de conhecimento, como medicina, relações internacionais, ciências contábeis e direito. O serviço, que já alcançou mais de 1,2 mil empréstimos, está restrito apenas a universitários das cidades do Rio de Janeiro e Niterói. Já houve, no entanto, uma aproximação preliminar com estudantes da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) para que no futuro, a plataforma,  que chega a ser acessada por mais de 8 mil alunos por mês, contemple os alunos da instituição paulista.

Apesar de ter sido fundada oficial em novembro do 2012, apenas neste ano a plataforma ganhou corpo, com mais títulos e maior alcance junto às instituições. Atualmente, o campo de atuação do portal são estudantes de dez faculdades e universidades fluminenses. O Ibmec, Puc-Rio, Fundação Getúlio Vargas, Universidade Cândido Mendes, a Veiga de Almeida e a UnigranRio (Universidade do Grande Rio) são as instituições privadas cujos alunos são atendidos pelo portal. Das públicas, destacam-se: as universidades federais Fluminense e a do Rio de Janeiro, a estadual do Rio (UERJ) e o CEFET-Rio (Centro Federal de Educação Tecnológica).

Depois de definidos os locais e atuação, os empreendedores chegam a entrevistar cerca de 500 alunos por semestre para identificar quais os livros que os estudantes mais utilizarão em suas respectivas disciplinas. Uma vez com esse banco de respostas, os sócios adquirem as obras e disponibilizam na plataforma. O aluno interessado em obter um empréstimo do título consegue obter a obra e ficar com ela durante todo o semestre. O grande diferencial do portal é a disponibilização dos livros de referências novos – são sempre ofertados as edições mais recentes.  Nas bibliotecas das instituições de ensino, nem sempre os livros são atualizados e a quantidade disponibilizada, por vezes, não atende a demanda. Sendo assim, o estudante que precisa do livro não consegue ficar com o título durante muito tempo, já que outro aluno aguarda na fila do empréstimo.

“Ao fim do curso, percebi que cheguei a gastar uma grana alta com livros de pouco uso que acabavam empoeirados na prateleira do meu quarto. Tem livros que chegou a custar R$ 300, porque teve que ser importado da França”, afirma Teixeira. Depois dessa constatação, o jovem que trabalhava na aceleradora carioca 21212, resolveu estudar se haveria mercado, no país, para um empresa que tentasse “resolver” essa questão. Foi analisando a realidade norte-americana, mais especificamente o site de aluguel de livros Chegg, que a ideia começou a sair do papel. “Lá nos EUA cerca de 20% dos estudantes alugam livros. Foi aí que eu percebi que não havia nada parecido aqui no Brasil. Então, resolvi sair do emprego e virar um empreendedor”, explica.

Após conseguir participar do programa de aceleração na própria 21212, a GoBooks conseguiu em julho um aporte de um fundo de investimento. Com a injeção de capital e profissionalização da startup, os sócios estruturam o modelo de negócios da empresa. Hoje, mais cinco pessoas estraram para os quadros da GoBooks. Um deles é Otakar Svacina, especialista no mercado editorial, que resolveu embarcar na ideia de aluguel dos livros. Anteriormente, Svacina era o mentor dos jovens durante o período de aceleração da empresa.

Empréstimo

Para se tornar um usuário da GoBooks é preciso efetuar apenas um cadastro, que é simples e bem rápido. Existem duas opções: ou via conta do Facebook ou então por meio de um formulário eletrônico, com o preenchimento do e-mail pessoal. No entanto, só são aceitos, por enquanto, estudantes do Rio de Janeiro ou Niterói. Feito isso, o usuário tem ao seu dispor um catálogo de livros para aluguel e caso se interesse também para a compra do título. O preço do aluguel chega a ser 80% mais barato que o custo da obra no mercado editorial. Para quem está interessado na compra do título pela plataforma, o valor também é mais em conta, custa cerca de 15% menos.

Para pagar o valor do aluguel ou da compra, o usuário conta com um sistema eletrônico de pagamento. Vale cartão de crédito, débito ou boleto. Após o processamento do pedido, o livro é entregue no endereço cadastrado pelo usuário no momento da compra. No fim do semestre, o estudante pode devolver o livro em um dos locais de recebimento presentes em cada uma das instituições selecionadas pela plataforma. Na maioria delas, existem estudantes “embaixadores” que são contratados para dar o suporte à operação da GoBooks. Algumas empresas júniores presentes nas faculdades também funcionam como ponto de entrega do título, que depois é recolhido por membros da empresa.

“Queremos ser o inimigo número um da xerox. E outro ponto interessante é que acabamos tendo as editoras como aliadas, já que limitamos o número de empréstimo de cada título por renovarmos o nosso acervo a cada nova edição lançada. Para 2014, também permitiremos que após o período de aluguel, caso seja de interesse do estudante, ele adquira livro com o abatimento do valor que ele já gastou do aluguel. Ele precisará pagar apenas a diferença”, explica Teixeira.

Além do aluguel e da venda, a GoBooks também oferece a possibilidade do usuário doar livros usados, especialmente os títulos de educação básica. Todas obras doadas são repassadas para a ONG Salgueiro Sustentável. Com os livros que já foram recebidos, foi possível construir uma mini biblioteca na sede da entidade. Outros títulos, especialmente os de ensino médio foram repassados para o cursinho pré-vestibular oferecido pela Uerj. Outra ação sustentável da empresa carioca, é a busca por diminuir as emissões de carbono na atmosfera. A cada compra, o usuário pode contribuir com R$ 1,50. Como contrapartida, a GoBooks adquire mudas de árvores para o plantio. Até o momento foram plantadas cerca de 100 espécies.

Tags: biblioteca, doação, Enem, ensino superior, material didatico

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.