Jornal do Brasil

Domingo, 15 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Ciência e Tecnologia

Brasil apresenta nova soja com mais proteínas

Jornal do Brasil

EFE

RIO DE JANEIRO - O Governo e empresários brasileiros apresentaram nesta quinta-feira uma nova variedade de soja com maior conteúdo de proteínas e adaptada ao cerrado.

A nova variedade genética foi conseguida pelo privado Grupo Campo e apresentada em Brasília em um ato assistido pelo ministro da Agricultura, Luís Carlos Guedes.

A nova variedade começou a ser desenvolvida em 1992 a partir de uma soja japonesa de alta qualidade que foi adaptada ao cerrado por meio de métodos convencionais de melhoramento genético, com técnicas de biotecnologia, segundo o ministério.

A partir desses experimentos foram criados sete tipos de cultivos que se adaptam às condições de produção da região.

A nova soja tem entre 5 e 10% mais proteína que as variedades tradicionais e é apta para a produção de ração animal e de grãos para o consumo humano.

Suas características físico-químicas permitem que seja usada na indústria de alimentos e bebidas à base de soja, segundo a informação.

O Brasil é um dos principais produtores e exportadores mundiais de soja, um cultivo que gradualmente foi conquistando novos territórios no país, incluindo a região amazônica.

Segundo grupos ambientalistas, o cerrado brasileiro é um ecossistema frágil que está desaparecendo aceleradamente por causa da agricultura e da pecuária extensivas.



Compartilhe: