Jornal do Brasil

Domingo, 19 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

País - Carnaval 2018

União da Ilha põe água na boca com desfile sobre gastronomia brasileira

Jornal do Brasil

A União da Ilha do Governador foi a terceira escola a desfilar na Sapucaí no segundo dia do Grupo Especial. A escola levou o enredo "Brasil bom de boca", do carnavalesco Severo Luzardo, contando a história da gastronomia brasileira e das influências que recebeu. Mais de cem chefs de cozinha renomados participaram do desfile. Além da beleza das alegorias, os carros também exalavam cheiro de frutas na avenida. Outra atração foi a bateria de mestre Ciça, que destacava os repiques enquanto o restante dos instrumentos ficava em silêncio, levando o público ao delírio.

A primeira parte do enredo mostrou os produtos que vieram de fora, com a chegada da corte portuguesa ao Brasil. A partir daí, as influências dos portugueses e seu país de origem se misturaram com os alimentos que encontraram por aqui, como o milho, o caju e a pimenta usada pelos indígenas. A influência dos nativos da América na culinária brasileira foi representada no segundo setor do enredo. 

União da Ilha põe água na boca com desfile sobre gastronomia brasileira

Para a ala de baianas, o carnavalesco reservou um toque especial. Elas estavam vestidas em alusão à pacova da terra: uma espécie de banana. O terceiro setor mostrou a influência dos negros que vieram para o Brasil e dos seus pratos que se tornaram comuns na gastronomia do país, como a feijoada e o acarajé. 

No quarto setor, a escola fez uma crítica de que apesar de produzir e exportar grande quantidade de alimentos, parte da população brasileira ainda sofre com a fome. Na sequência, com o cacau, a escola mostrou a alegria dos doces, uma homenagem às avós que fazem os bolos caseiros, comuns na lembrança de muitas famílias. O setor apresentou, ainda, algumas das preferências dos brasileiros, incluídas até em listas de turistas que chegam ao país.

O desfile terminou com um grande boteco – na visão de Luzardo, uma instituição no país. 

Leia o samba:

Põe lenha no fogão

O aroma está no ar

Exala a nossa poesia!

Caravelas a bailar no mar

Chegam pra miscigenar essa folia

Eita tempero bom eu quero provar

Derrama o caldo de lá, nos frutos de cá

Eita tempero bom, eu quero provar

Nas terras tupiniquins e o que se planta dá

E Tupã abençoou esse sabor da aldeia

Que incendeia, aguça o paladar

Mergulhei no gosto que mareia

Riqueza milenar

Fogo aceso no terreiro das yabás ô ô

Na mistura a herança dos meus ancestrais

Bota água no feijão que o samba esquentou

Ôôôô na batida do tambor 

E na fartura do meu tabuleiro

O grão e vida e mostra o seu valor

Sinto o cheiro de cravo e canela

Vó quituteira mexendo a panela

Da nossa terra um gostinho sem igual

Pro seu prazer doce cacau

Ilha prepara a mesa que é dia de festa

Servimos um banquete à fantasia

Uma receita impossível de esquecer

Duas pitadas de amor, eu e você

Juntando a fome com a vontade de vencer

Vem provar o sabor desse meu carnaval

Eu sou a Ilha, sou o prato principal

Vou deixar água na boca

Provocar uma vontade louca



Tags: boca, desfile, gastronomia, governador, ilha, sapucaí

Compartilhe: