Jornal do Brasil

Domingo, 15 de Julho de 2018 Fundado em 1891
Hildegard Angel

Colunistas - Hildegard Angel

Roubo legalizado

Jornal do Brasil

Engenheiro influente no setor energético, Paulo Metri faz grave denúncia e chama de “roubo legalizado” o pacote de privatizações em andamento pelo governo de Michel Temer, com a Eletrobras já na mira, para ser concedida a preços irrisórios pela mão invisível que tudo controla. Antes dela, a Petrobras teve seus campos de pré-sal distribuídos às pressas às empresas estrangeiras, sem o menor incômodo, por seu presidente, Pedro Parente, denunciado inúmeras vezes pelos sindicatos petroleiros, que, estarrecidos, questionavam, não apenas os valores das privatizações, mas qual o real plano da estatal diante de tanta concessão, reclama Metri, que também responsabiliza a imprensa por um silêncio conivente, pois “fingiu que não viu ou,  se viu, decidiu fazer vista grossa”. 

Dom Pedro II e Wagner 

Volta e meia uma denúncia de roubos e desvios de documentos raros e preciosidades da Biblioteca Nacional. Já era hora de todo este acervo estar catalogado e digitalizado em sua totalidade. O que não está. A esperança é de que, agora, sob o comando dinâmico de Helena Severo, isso ocorra. Senão, vejamos... Já em 1976, o escritor Edgard de Brito Chaves Junior denunciou, no seu livro “Wagner e o Brasil”, que um colecionador encarregou alguém de roubar, na Biblioteca Nacional, as partituras autografadas pelo compositor alemão, Richard Wagner, para o imperador dom Pedro II. E conseguiu o seu intento, segundo o escritor, privando os mortais de terem acesso à prova daquela amizade...

O soberano brasileiro era apaixonado pelas óperas de Wagner e o convidou para vir ao Brasil várias vezes, além de ser um dos financiadores do teatro de Bayreuth, estando presente à sua inauguração, em 1876. Após a queda da monarquia em 1889, o imperador dom Pedro II doou a sua biblioteca particular, que ficava no palácio de São Cristóvão, para a Biblioteca Nacional. Além dos livros, possuía mapas, fotografias, partituras, gravuras...

Mais cuidado com nossas crianças 

As imagens de mochilas de crianças sendo revistadas por policiais no Rio de Janeiro rodaram o mundo. Foi no início da Intervenção Federal. Quem não gostou foi o deputado Marcelo Freixo, e apresentou projeto de lei para regulamentar a busca pessoal em menores de 12 anos. De acordo com o texto, a criança só poderá ser submetida a busca pessoal por agente de segurança pública, com a autorização e na presença de seu responsável legal. Na ausência deste, a busca pessoal ao menor poderá se realizar somente se o agente estiver acompanhado por um Conselheiro Tutelar. O projeto precisa passar pela Comissão de Justiça da Alerj. Espera-se velocidade na tramitação da lei, já que as crianças nas favelas cariocas merecem esse carinho.

                                                                      ***

Imagens fortes e de grande impacto dramático e plástico, como “Ônibus queimado” (2018), na mostra do Centro de Arte Maria Teresa Vieira, na Rua da Carioca, em que o artista sueco Ulf Lindell apresenta um panorama dos últimos 10 anos de sua produção artística. Trata-se da exposição “Símbolos”, com 12 obras, entre técnica mista sobre alumínio e grandes pinturas sobre tela. É sua quarta mostra na galeria. Ulf Lindell nasceu em Örebro, na Suécia, e vive e trabalha em Estocolmo. Se for ao Centro, a dica é esta.

Reprodução

BORBULHANTES

O REI DA VELA conseguiu bater a meta do crowdfunding... PAULA LAVIGNE, Fernanda Torres, Monique Gardenberg, Carmen Mello e Júlia Lemmertz foram maravilhosas, assim como os artistas que cederam as obras para virar recompensa: Laura Lima, Marcius Galan, Douglas Garcia, Jonathas de Andrade, Lucia Koch, Cinthia Marcelle, Carlito Carvalhosa, Luís Zerbini, Raul Mourão, Cao Guimarães, Gringo Cardia, Mana Bernardes, Helio Eichbauer, Beatriz Azevedo, Hamilton Vaz Pereira, Fernanda Torres, Fernanda Montenegro, Juliana Perdigão, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Chico Buarque... REALMENTE uma tropa de choque... ZÉ CELSO, Marcelo Drummond e Catherine Hirsch, francesa que trabalha com eles desde a década de 80, desembarcaram no Santos Dummont e se hospedam na Barra... ZÉ CELSO PEDIU para ficar próximo ao teatro, pois tem fuso horário de quem trabalha de madrugada, acorda tarde e, com 81 anos e o coração cardíaco, não consegue enfrentar metrô e BRT. Bela Gil vai fornecer a comida deles. Orgânica, naturalmente... SÁBADO, DIA 14, 19 horas, O Rei da Vela estreia na Cidade das Artes. Oportunidade emocionante para a plateia carioca... MARIELLE FRANCO será eternizada pelos quadrinhos do jornal italiano “Il Manifesto”... 

O HQ TEM autoria de de Assia Petricelli e Sergio Riccardi... UM TRIBUTO À luta de Marielle pelos direitos humanos e em defesa dos moradores das comunidades mais humildes do Rio, reconstituindo fatos de sua trajetória... A SÃO CLEMENTE afina a cuíca para seu primeiro grande evento na temporada rumo ao Carnaval 2019... A ESCOLA da Zona Sul fará grande feijoada no dia 13 de maio, festejando o Dia das Mães e a abertura dos trabalhos... ARTUR FIDALGO abre, dia 17, em sua galeria do Shopping Siqueira Campos, das mais conceituadas de arte contemporânea na cidade, a exposição Bambuzal do artista Ronald Duarte, com curadoria do artista José Damasceno. Até o dia 17 de maio... ENFIM A superlotação dos presídios sensibilizou as autoridades. O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, solicitou às defensorias públicas do país um plano de ação para reduzir a superlotação dos presídios que elas deverão apresentar nos próximos dias... PARA OS DEFENSORES, a cultura do encarceramento norteia nosso sistema prisional... SÃO 726 MIL presos, terceira população carcerária do mundo... MILHARES DE PRESOS por delitos leves,  que poderiam ser alvo de penas alternativas... NO PLANO DE AÇÃO, a Defensoria aponta o caso emblemático do índio, que, por manter um jabuti no quintal de casa, estava preso há dois anos: crime contra a fauna...

Foto de Joka Madruga

Bela Gil inaugurou a peregrinação de famosos ao acampamento em apoio a Lula, em Curitiba, causando frisson. Com as camponesas do MST, que praticam agricultura orgânica, ela disse: “O ato de se manifestar é livre e precisa ser respeitado. Lula, o povo está com você”

Reproduções

Presença confirmada no baile de gala anual da amfAR, sexta-feira, em São Paulo, em casa de Dinho Diniz, a it girl Pauline Ducruet, filha de Stéphanie de Mônaco, neta de Grace Kelly, vista acima em editorial da revista Bazaar... Quer bailar? Convites à venda: http://www.amfar.org/

Dona Désirée

Montagem sobre fotos de divulgação

• Já tem novo eleito o endereço da moda para comer fora no Rio. É o Dona Désirée, na General San Martin, no Leblon. Um restaurante abençoado por la baronne Sylvia Amélia de Waldner, que foi às sessões de provas de seu cardápio, quando em elaboração, e aprovou, encantada. 

• Dona Désirée é a avó saudosa do dono da casa, Bernardo Montenegro, filho mais velho de Carlos Augusto Montenegro, o homem Ibope, e enteado de Maria Pia Marcondes Ferraz Montenegro, filha de Sylvia. 

• Um restaurante com nome e muitos sobrenomes. Mas sabemos que é passado o tempo em que bastava isso para o sucesso. O consumidor de hoje, além de exigente, é experiente. Julga pela qualidade. Vejamos os motivos que fazem o Dona Désirée bombar... 

• Bernardo, chamado de Bê pelos amigos, é um publicitário de sucesso e um homem generoso, que a cada Natal distribui brinquedos em comunidades pobres, realizando sonhos de milhares de crianças. Desta vez, ele resolveu realizar o próprio sonho: ter um restaurante com gastronomia de excelência, após um curso de especialização no Senai Gourmet. 

• Muito apegado à avó, falecida há dois anos, ele se reuniu com os tios para comunicar a homenagem, dando ao restaurante seu nome. Dona Désirée está presente por todo o ambiente, nos vasos de porcelana pintados por ela, em suas fotos nos porta-retratos, nas suas admirações, como Coco Chanel, Audrey Hepburn, Grace Kelly, as pérolas e o filme Singing in the Rain.

• O chef é o Paulo Maneira, ex-Pérgula do Copacabana Palace. Mineiro de Araxá, estudou culinária no Senac de Belo Horizonte, veio para o Rio, foi trabalhar no Gourmet, namorou a neta do chef Zé Hugo Celidônio, que se tornou seu mentor e transmitiu a ele todos os saberes da gastronomia. 

• Maneira é especializado em quitutes mineiros irresistíveis, como o franguinho da fazenda com quiabo. 

• Chef Maneira agora namora uma italiana, que prepara os papeis para ficar aqui e se casar com ele.

 • Há também as receitinhas do próprio Bê. A mais pedida: Hamburger do Bê, com carne de Angus. 

•  É longa a peregrinação de mulheres com paladar e look refinados, nas mesas do Dona Désirée, sobretudo em hora de almoço: Gisella Amaral, Antonia Frering, Fátima Tostes, Vera Bocayuva, Dora Cortez, Maria Pia Montenegro, para citar algumas.

Com João Francisco Werneck



Tags: angel, borbulhantes, coluna, hildegard, jb

Compartilhe: