Jornal do Brasil

Domingo, 24 de Junho de 2018 Fundado em 1891
Hildegard Angel

Colunistas - Hildegard Angel

Sua Bênção, Lugar-Tenente Isis

Jornal do Brasil

Nessa alta temporada de Intervenção Militar, nada mais oportuno do que pedir bênção a uma Lugar Tenente. Só que as fi leiras que esta Lugar Tenente forma não são das armas nem das forças bélica. São da paz, do amor e da caridade. Ela é Isis Penido, que ocupa no Brasil o posto de Lugar Tenente da Ordem Equestre do Santo Sepulcro do Jerusalém, e que agora se prepara para receber o “vice-Papa”, o segundo nome do Vaticano depois do Papa, o americano cardeal Edwin O’Brien, Grão Mestre da Ordem. Figura importantíssima na hierarquia católica. 

Ele chega ao Brasil no dia 19 de maio, acompanhado do Governador Geral da Ordem, do Chanceler e do Secretário Geral, e aqui permanecem até o dia 22. 

Essa comitiva vem visitar a Lugar-Tenente da Ordem, que vem a ser Isis Penido, operosa presidente da Abrag, Associação Brasileira dos Amigos e Familiares dos Portadores de Glaucoma. 

Isis Penido, a Lugar Tenente, com as insígnias, as luvas e a capa imponente da Ordem Equestre do Santo Sepulcro de Jerusalém

Ontem, Isis passou a tarde com diretores da Ordem, na sua sede, na Igreja Nossa Senhora do Carmo, antiga Sé, montando a agenda da visita do cardeal. 

Ele chega dia 19 à noite, vindo de Buenos Aires, onde haverá reunião com Lugares Tenentes do mundo todo e, no dia 20, encontra-se com dom Orani na Catedral onde haverá a Missa de Pentecostes, com crisma. Depois, uma palestra no Palácio São Joaquim, seguida de vigília.

 No dia 21, monsenhor André Sampaio lançará seu livro sobre a Ordem, desde sua origem, no ano 1.000, até os dias de hoje. A Ordem é anterior ao Papa Urbano II. Haverá uma visita ao Cristo Redentor, com bênção. Almoço no Cipriani do Copacabana Palace, repouso e, às seis da tarde, na Igreja, investidura de novos membros, entre eles a presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Angela Costa. A solenidade será seguida de coquetel, provavelmente na cobertura tríplex de Angela, na Praia de Ipanema. 

Por fim, no último dia, reunião de trabalho restrita ao Grão Prior e sua comitiva, em casa da Lugar-Tenente Isis, em São Conrado, seguida de almoço mineiro no local. 

Como cereja do bolo, a escultura do Cristo Redentor, obra do artista Hildebrando Lima, presenteada pelos membros da Ordem do Brasil ao Cardeal O’Brien, que vai retornar a Roma e-xau-ri-do.

Papo doce 

Primeira reunião da CPI dos Transportes na Alerj deu em... Pudim. O relator Geraldo Pudim, do PMDB, discursou contra a proposta do presidente da CPI, deputado Eliomar Coelho, de ouvir em oitiva as autoridades ligadas à questão. O Pudim, que votou pela revogação das prisões de Picciani, Paulo Melo e Albertassi, quase desandou: “não sei nem o que perguntar sem receber os documentos solicitados pela CPI”. Mais hábil, Lazaroni (PMDB) anunciou que recorrerá à Mesa Diretora: quer que a votação das comissões seja por ordem do tamanho de bancada, e não da chegada dos suplentes, na ausência do titular. O PMDB é o maior partido... 

Vem cá, esse povo tem carro do ano e motorista e não consegue chegar na hora ao trabalho? Depois reclamam do Jaques Wagner ter 15 relógios. Ele deve ser superpontual. Tem mais é que andar com muito relógio. Até no tornozelo. Relógio de alarme, despertador, cuco.

Aterro do Barulho 

O Parque do Flamengo é lindo. O Parque do Flamengo é joia. Mas vai morar lá perto nessa alta temporada de descontrole urbano. Os atabaques não têm hora pra terminar, e isso abrange a madrugada inteira, com decibéis devidamente calculados em 120, muito acima dos 85 máximos permitidos, reverberando por vários quarteirões de apartamentos de insones criaturas, que, ou aderem ao candomblé e raspam as cabeças felizes, ou cometem o mortal pecado de rogar pragas. 

São seis grupo de matriz africana que ensaiam ali. Domingo sim, domingo não, é a vez do grupo Tambores de Olokun, varando a noite profunda, Bem que a prefeitura, através do secretário de Ordem Pública, Paulo Cesar Amendola, vem tentando, mas não consegue tirar esses tambores da noite. Uma lei permite apresentações culturais em locais públicos. Se a lei é para todos, bom seria incluir o bem estar dos que ainda têm o costume antigo de dormir.

Só no Rio de Janeiro o número de desempregados subiu 157% em 3 anos. A matemática é simples: governo faz publicidade e comemora a baixa nos preços, apesar de a população perder seu poder de compra. Eis a grande vitória de Pirro

Agenda: Está no Rio o ministro da Ciência e Cultura de Israel, Ofi r Akunis, membro do Knesset. E ganha, na sexta, jantar de Kabala Shabat do Consulado Honorário e do casal Silvia e Moyses Liberbaum.  Com embaixador Yossi Shelley presente.

Borbulhantes

A crise gerou conflitos num prédio de bacanas na orla de São Conrado. As faixas de “vende-se” e “aluga-se” (três andares vazios), proibidas pelo condomínio, geraram um abaixo-assinado entre os vizinhos, que querem a retirada imediata da poluição visual... Como vocês sabem, reza o ditado que “rico morre teso, mas não perde a pose”. Dito ultrapassado. Os tempos são outros... Com muitos títulos e diplomas, dono da maior coleção brasileira particular de documentos históricos e literários e - importante - genro de Rubem Fonseca, o historiador Pedro Corrêa do Lago está em franca campanha por vaga na Casa de Machado de Assis... Seus 60 anos serão celebrados dia 17 de março, com almoço festivo em casa, toda a ABL presente, espera-se, com sua simpática Bia Corrêa do Lago convidando... A vaga cobiçada por Pedro é aquela aberta com a morte do saudoso Eduardo Portella... Meu querido amigo fotógrafo Sebastião Marinho, que agora incluiu um Costa ao sobrenome, a também querida jornalista capixaba Manuela Ferrari - a Magnífi ca! - entre os que vão ingressar na carrière de promotores da cidade. Isto é: vão passar a ostentar o título “Embaixadores do Rio”, a partir de 21 de março, em solenidade na Confederação Nacional do Comércio...  Outros nomes que receberão o título: o designer Alberto Sabino, a artista plástica Isabela Francisco, o maestro Marlos Nobre, a presidente da Abrag, Isis Penido, a harpista Cristina Braga, a atriz Monah Delacy... Quanta gente! Pelo menos ficou alguém no Brasil, porque os demais debandaram todos pra Lisboa... Relata o português José João Louro: “Aqui em Lisboa chegam todos os dias brasileiros da dita “classe média”, que decidiram emigrar... São antigos apoiantes de Temer ou de Aécio Neves, mas agora já não querem viver no Brasil. Procuram um posto de trabalho na Europa. Converso muito com eles no café perto da Loja do Cidadão onde tratam os papéis burocráticos... Vivem uma crise de consciência pequeno-burguesa. Ainda se colocam em bicos de pés orgulhosos de serem jovens da “classe média” com um curso superior... Porém já não querem viver no Brasil atual. Incapazes de observar como positivas as medidas sociais da Era Lula, vêm viver num país governado pelo Partido Socialista, um partido irmão do PT na Internacional Socialista... Em Portugal, o governo PS é apoiado no Parlamento pelo Partido Comunista, Verdes e Bloco de Esquerda... Ficam chocados e não entendem... Para mim é interessante notar a profunda crise de consciência da pequena burguesia brasileira, muito nacionalista, muito brasileira, mas que depois foge para Portugal ou Europa, em busca de mais comodidade”... É a opinião do José Louro, já o Louro José pensa diferente... Pode não ser a sua opinião, pode não ser a melhor opinião, mas é a opinião do Louro. E da Loura...



Tags: angel, borbulhantes, coluna, hildegard, jb

Compartilhe: