Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

País - Artigo

O exercício de um minuto que aumenta em 900%a queima de gordura

Jornal do Brasil Wilson Rondó Junior

Você pode ter achado um pouco estranho o título da coluna de hoje, mas é isso mesmo. Às vezes, realmente menos é mais! Se você é daqueles que ficam desanimados só de pensar em ficar horas na academia, imagine a ideia de fazer apenas um minuto de exercício e queimar muita gordura… Até parece algo maluco, mas a Ciência mostra que é uma estratégia poderosa quando bem aplicada. Em novo estudo, pesquisadores canadenses observaram que um minuto de exercício intenso, associado ao relaxamento ou exercício leve – técnica conhecida como tiros de treino intervalado (HIIT) – tem o mesmo efeito que um treino de exercício de resistência tradicional de 45 minutos.

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores avaliaram 27 homens sedentários e mediram a sua capacidade aeróbica. Os participantes foram divididos em três grupos: O primeiro grupo não mudou nada na rotina, quase totalmente sedentária. No segundo, os participantes foram orientados a realizar um treino, durante o qual se aqueceram por cerca de dois minutos e depois se exercitaram moderadamente em bicicleta ergométrica por 45 minutos. Em seguida, durante três minutos, reduziram o ritmo.

No terceiro, foram submetidos a uma sequência de exercícios dinâmicos e com picos de intensidade, que durou dez minutos, da seguinte forma:

° dois minutos de aquecimento

° 20 segundos de tiros na bicicleta

° dois minutos de recuperação

° 20 segundos com força total

° dois minutos de recuperação

° 20 segundos com força total

° três minutos de resistência

Tudo isso foi feito três vezes por semana durante 12 semanas. No final, os pesquisadores constataram que dois grupos tiveram resultados idênticos para a saúde. Identificou-se aumento de 20% de resistência, melhora da produção de energia, regulação da sensibilidade à insulina, enquanto no grupo controle, sem atividade física, nada mudou.

Por anos, o American College of Sports Medicine tem aconselhado as pessoas a caminharem, fazerem ciclismo ou outra forma de exercício aeróbico moderado por, no mínimo, 30 minutos, cinco vezes por semana. Com o surgimento desses tipos de treinamento de alta intensidade foi necessário rever conceitos. Benefícios: 

° Ativa o metabolismo – na verdade, você queima menos calorias durante o HIIT do que durante o programa aeróbico básico. Porém, o HIIT eleva a sua taxa metabólica basal por 24 horas depois do exercício, fazendo você queimar mais calorias ao longo do dia. Durante o treino da pesquisa citada acima, o primeiro grupo queimou 48% mais calorias por sessão do que o HIIT, mas o grupo do HIIT queimou gordura 900% a mais do que o primeiro grupo nas 12 semanas.

° Saúde cardiovascular – o segundo grupo também teve melhora do perfil lipídico, menor resistência à insulina e mais elasticidade dos vasos do que o grupo um.

° Condicionamento – a habilidade de aproveitar o oxigênio, que é a mensuração da saúde cardiovascular e longevidade, foi melhor já após duas semanas de testes com o grupo do HIIT. Incrível, não é mesmo? Já passou da hora de você pensar seriamente em começar. Só tem um problema: aquela sua desculpa de que não tem tempo para praticar atividades físicas já era. Aos treinos!

* Médico e nutrólogo



Tags: bem estar, cultura, dicas, exercicio, saude

Compartilhe: