Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

Anna Ramalho

Exposição sobre 1964 traz documentos inéditos 

O Museu do Ingá, em Niterói, inaugura, hoje, a exposição "Ressonâncias – Rio de Janeiro, 1964", que procura tratar como o golpe que depôs o presidente João Goulart repercutiu no Rio, a partir dos fatos ocorridos no Palácio do Ingá, então sede do governo do estado. 

A  mostra oferece ao espectador a oportunidade de ver de perto registros documentais e iconográficos inéditos - descobertos em diversos arquivos públicos e coleções privadas - sobre um passado pouco conhecido da história. 

"Ressonâncias" permanece no Museu do Ingá até o dia 31 de agosto.

Tags: Arte, cultura, golpe, MILITAR, Niterói

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.