Jornal do Brasil

Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

Anna Ramalho

Idosos recebem diagnóstico errado de hipotireoidismo

Um estudo realizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em parceria com o laboratório Sérgio Franco Medicina Diagnóstica, descobriu que a população com idade acima de 60 anos está sendo diagnosticada erroneamente com hipotireoidismo. 

A pesquisa, feita com 1.200 pessoas, com idade entre 20 e 94 anos, mostrou que o valor de referência, padrão utilizado para todas as idades, não condizia com a realidade da população de mais de 60 anos, já que os níveis do hormônio THS aumentam, gradativamente, com a velhice. 

Como consequência, 19% desses indivíduos recebiam diagnóstico errado de hipotireoidismo, disfunção na glândula que regula órgãos importantes no organismo.

Tags: disfunção, idoso, pesquisa, SAÚDE, ufrj

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.