Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Anna Ramalho

Grupo Rio Vocal Studio apresenta ópera do século XVIII

Uma obra criada em 1787 pode continuar atual até os dias de hoje. Isso é o que quer provar o Rio Vocal Studio em sua primeira produção: a ópera Don Giovanni, com libreto de Lorenzo da Ponte e música de Mozart.

Com elenco composto por oito cantores líricos (três sopranos, quatro baixos e um tenor), a montagem ganhou o nome de "Um tal Don Giovanni" e vai ter duas apresentações no Teatro Municipal de Niterói neste sábado (7), às 20h, e domingo (8), às 19h.

A ópera tem elementos eletrônicos criados pelo maestro e arranjador Wagner Caetano e conta com direção musical de Teresa Fagundes e cênica de Francisco Neves. Fernando Portugal, responsável pela concepção de cenário e luz; Anne Catherine Lilienwald nos figurinos; e Fernanda Gollo com adornos (ela também interpreta Zerlina na montagem) , reforçam a linguagem de concerto dramático, dando a cada personagem suas características através de acessórios e adornos.

O cenário fica em torno de um grande quadro de Mozart , como se o compositor fosse testemunha de sua própria obra.

Tags: artes, clássico, cultura, espetáculo, música

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.