Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Anna Ramalho

Grupo Rio Vocal Studio apresenta ópera do século XVIII

Uma obra criada em 1787 pode continuar atual até os dias de hoje. Isso é o que quer provar o Rio Vocal Studio em sua primeira produção: a ópera Don Giovanni, com libreto de Lorenzo da Ponte e música de Mozart.

Com elenco composto por oito cantores líricos (três sopranos, quatro baixos e um tenor), a montagem ganhou o nome de "Um tal Don Giovanni" e vai ter duas apresentações no Teatro Municipal de Niterói neste sábado (7), às 20h, e domingo (8), às 19h.

A ópera tem elementos eletrônicos criados pelo maestro e arranjador Wagner Caetano e conta com direção musical de Teresa Fagundes e cênica de Francisco Neves. Fernando Portugal, responsável pela concepção de cenário e luz; Anne Catherine Lilienwald nos figurinos; e Fernanda Gollo com adornos (ela também interpreta Zerlina na montagem) , reforçam a linguagem de concerto dramático, dando a cada personagem suas características através de acessórios e adornos.

O cenário fica em torno de um grande quadro de Mozart , como se o compositor fosse testemunha de sua própria obra.

Tags: artes, clássico, cultura, espetáculo, música

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.