Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Anna Ramalho

Cesar Maia e a montanha de lixo de Eduardo Paes

O ex-prefeito Cesar Maia (DEM) fez em seu ex-blog um compêndio de frases de seu sucessor, Eduardo Paes (PMDB), ao longo da última semana, sobre a greve dos garis. A cada dia de greve, a frase dita na véspera pelo prefeito, aturdido com a crescente montanha de lixo, perdia sentido 

"São apenas 300 os grevistas.”;

“Quem representa os garis é o sindicato. Aumento de 9% e pronto.”;

“Isso é um motim”; “Os 300 serão demitidos”;

“Esses grevistas são delinquentes.”;

“Os garis vão trabalhar com escolta policial.”;

“Quem está por trás da greve são partidos políticos.”;

“Quem tem interesse nessa greve são cartéis.”;

“Não me lembro de ter jogado restos de fruta no chão.”.

A tempo: aliados dizem que Maia fica especialmente feliz quando Paes erra em áreas em que ele acertou. A Comlurb, na avaliação do agora vereador, foi uma delas.  

Tags: cidade, greve, lixeiro, política, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.