Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Anna Ramalho

Aeroporto do Galeão perde mais um voo internacional

Vai custar caro para o novo dono do Aeroporto do Galeão, o consórcio Odebrecht/Changi, a demora na realização do leilão de privatização do espaço. Depois de a TAM cancelar o voo direto para Londres e a United Airlines cortar o para Washington por conta da ampliação do pátio de Guarulhos, o Rio vai perder mais uma ligação internacional.

A Ethiopian Airlines acaba de anunciar que no próximo dia 26 de maio (menos de um ano depois da estreia, em julho de 2013) vai acabar com o voo para a capital da Etiópia, Adis Abeba, com escala em Guarulhos e Lomé, no Togo. 

É que também privatizado aeroporto paulista vai inaugurar novo pátio e a aeronave da Ethiopian conseguiu um espaço por lá, não fazendo mais necessária a parada no Galeão, que ainda está sob administração da Infraero. A única boa notícia por lá recentemente foi a chegada da Aeroméxico, em abril.

Aeroporto do Galeão perde mais um voo internacional
Aeroporto do Galeão perde mais um voo internacional

Tags: Leilão, Londres, privatização, TAM, united airlines

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.