Jornal do Brasil

Segunda-feira, 23 de Abril de 2018 Fundado em 1891

Anna Ramalho

Prefeitura irrita moradores da Lagoa

Não bastassem os transtornos causados durante 38 dias por conta do movimento extra de carros e de público por conta da Árvore de Natal da Lagoa Rodrigo de Freitas, os moradores do entorno ainda sofrem com a proibição de estacionamento.

Na tarde desta quarta-feira (8), um dia e meio depois de o monumento ter sido desligado, as placas indicando proibido estacionar continuavam na beira da lagoa, irritando os moradores que não têm vaga de garagem e os visitantes dos prédios da região.

Alô, Eduardo Paes! 

 

Placas de "proibido estacionar" continuam no local após retirada da árvore de Natal



Tags: Natal, cidade, estacionamento, zona sul, árvore

Compartilhe: