Jornal do Brasil

Segunda-feira, 21 de Abril de 2014

Anna Ramalho

Sexo ainda é tabu para estudantes

Um projeto realizado pelo Instituto Promundo em parceria com o Grupo Gestor de Saúde e Prevenção com estudantes da rede estadual do Rio, apontou que antigos tabus referentes à sexualidade continuam sendo questões importantes hoje em dia.

Os meninos se sentem pressionados a cumprir o papel de “pegadores”, privilegiando a quantidade à qualidade, e entendem que as meninas mais experientes não são aptas ao papel de namorada. 

Do outro lado, as garotas mais tímidas e recatadas são as que têm mais chances de engatar um namoro e se sentem intimidadas em cobrar do parceiro o uso da camisinha, caso ele não tome a iniciativa. Há ainda a vergonha de ambos os sexos em comprar adquirir gratuitamente os preservativos nos postos de saúde.

Comprar camisinha ainda é motivo de vergonha para os jovens
Comprar camisinha ainda é motivo de vergonha para os jovens

Para desconstruir esses padrões de gênero e promover a saúde sexual e reprodutiva dos jovens, os estudantes do projeto criaram a campanha "Sem Vergonha!", que beneficia cerca de 3 mil alunos da rede estadual.

Tags: educação, jovens, pesquisa, Rio, SAÚDE

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.