Jornal do Brasil

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Ciência e Tecnologia - Ambiental

Collor chama de covardia ausência de chefes de Estado na Rio+20

Portal Terra

O senador Fernando Collor criticou nesta sexta-feira a ausência de alguns chefes de Estado na Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. "Eu acho uma covardia a ausência de alguns líderes que anunciaram que não vão vir. Essa conferência trata do futuro da humanidade", disse o ex-presidente ao participar de um evento em celebração aos 20 anos da Eco92, a primeira conferência da ONU realizada no Rio de Janeiro.

Ao falar com jornalistas, Collor fez referência aos líderes dos Estados Unidos, Barack Obama, da Alemanha, Angela Merkel, e do Reino Unido, David Cameron, que já confirmaram que não virão ao Rio de Janeiro para participar da reunião dos chefes de Estado, que acontece na próxima semana.

Collor também fez um discurso durante a cerimônia, no Riocentro, pois comandava o País quando a Eco92 foi realizada. Após receber elogios do ministro Antonio Patriota e de representantes da ONU, ele disse que espera que haja consenso das nações sobre a promoção do desenvolvimento sustentável. "A agenda da Eco92 foi muito ambiciosa. O nosso desejo, pelo que vejo é a vontade do governo brasileiro, é que possamos manter o elevado nível das nossas ambições na Rio+20. Não podemos retroagir".

Ele ainda demostrou otimismo quanto aos rumos da negociação. "Tenho certeza de que alcançaremos o consenso necessário para que possamos oferecer ao planeta um comunicado final que esteja a altura das expectativas da comunidade mundial", completou o ex-presidente.

Tags: angela merkel, aniversário, Barack Obama, celebração, david cameron, eco92, Nações, Organização, Unidas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.